129ª Sessão Legislativa Ordinária

por Cristina Mendes publicado 02/03/2016 22h15, última modificação 11/03/2016 16h17
A Câmara Municipal, realizou na última segunda-feira, mais uma sessão ordinária, com a presença da maioria dos Vereadores e sob a Presidência do Ver. Marquinhos-PSDB

A Câmara Municipal, realizou na última segunda-feira, mais uma sessão ordinária, com a presença da maioria dos Vereadores e sob a Presidência do Ver. Marquinhos-PSDB, foram apreciadas várias matérias, entre elas:  Projetos de Leis, Indicações e Moções. Com a presença da população, o assunto em pauta na Palavra Livre, foi a lista dos contemplados com os lotes do Programa ProLar da Prefeitura Municipal,  aprovado pela Câmara, no final do ano passado. Debateram o assunto, os Vereadores Leandro de Carlos Cardoso – PPS e Luciano Napolis Costa-PDT, Líder do Executivo nesta Casa de Leis.  Acompanhe na íntegra o debate. As matérias em pauta foram:

 

JULGAMENTO DAS CONTAS DO EXECUTIVO MUNICIPAL, EXERCÍCIO 2014 – ENCAMINHADA A COMISSÃO DE ECONOMIA E FINANÇAS PARA APRECIAÇÃO

PROJETOS

PROJETO DE LEI Nº 774/16 – VINDO DO EXECUTIVO – APROVADO POR UNANIMIDADE

PROJETO DE LEI Nº 022/2016  - Autoria: Verª Antônia Parreira Almeida – PT -Dá denominação ao prédio da Prefeitura Municipal – Apreciação e votação na próxima sessão.

PROJETO DE EMENDA À LEI ORGÂNICA Nº 011 DE 2016 DA MESA DIRETORA:  Dispõe sobre alteração da Lei Orgânica Municipal e dá outras providências.

PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº 058/2016 DA MESA DIRETORA - Dispõe sobre a alteração da Resolução nº 008/1994.

 

INDICAÇÕES


Luciano

INDICAÇÕES NºS 1238  A 1240 DE 2016 - Autor: Ver. Luciano Napolis Costa – PDT

Solicita ao Executivo:

1)       Que firme parceria com a empresa “limpa-fossa”;

2)       Que crie um serviço de “disk-entulho”;

3)       A instalação de uma caixa d’água de 05 (cinco) mil litros no assentamento Sol.

 Leandro

INDICAÇÕES NºS 1241  A 1243 DE 2016 - Autor: Ver. Leandro de Carlos Cardoso – PPS

Solicita ao Executivo:

1)       Que destine um fiscal para o acompanhamento e assistência do serviço das garis no município;

2)       A destinação de um médico para que seja feita perícia no sentido de aumentar a insalubridade das garis de 20% (vinte por cento) para 40 % (quarenta por cento);

3)       Que seja enviado projeto de lei determinando o trabalho das garis seja de 06 a 08 horas corridos.

 

MOÇÃO DE APLAUSOS Nº 127/2016 – AUTOR: VER. LUCIANO NAPOLIS COSTA – PDT

Ao Tenente PM Agnelo Silvestre de Oliveira Junior

 

 foto 2    foto 3   foto 1

Da: Secretaria Geral da Câmara

Por: Cristina Mendes